Início » esportiva móvel

Arquivo da categoria: esportiva móvel

Imagens andinas

Seguem imagens da última visita aos hermanos de Bolivia e Chile.

Na Bolivia, passeios culturais a quase 4000 de altitude auxiliam na aclimatação. Apesar da fadiga chegar mais rápido que de costume, a caminhada vale cada passo.

Em seguida, uma tentativa de escalar o Huayna Potosi, montanha de 6.088 metros de altitude. O cume não veio, mas mesmo assim foi possível registrar algumas belas imagens da montanha e dos refúgios que em muito auxiliam a vida dos montanhistas.

Clique na foto para ver o slideshow:

Já no Chile a história é diferente. Muita escalada em rocha. Primeiro uma visita rápida ao setor de escaladas conhecido como Las Chilcas, onde predominam vias esportivas. Fica a 77Km de Santiago. A rocha é um conglomerado, proporcionando agarras de vários tipos que parecem coladas com cimento. É difícil de visualizar onde estão as melhores agarras, mas é sem dúvida uma escalada muito agradável.

Em seguida voltamos a altitudes próximas de 4000 metros, na parte alta do deserto de Atacama, o mais seco do mundo. Deserto = muito calor. Certo? …. errado. Muito, muito frio. Perrengue pra travar nos regletes. A melhor pedida foi escalar fendas e usar luvas de esparadrapo. Tínhamos pouco equipamento móvel e abusamos das proteções naturais.

E vamos às fotos:

  

Anúncios

Escale! na Zona da Mata

Texto: Leandro Reis 

Em breve, novos correspondentes vão incrementar nosso blog com textos e fotos sobre escaladas na zona da mata, região de Minas Gerais onde abundam formações graníticas de porte e qualidade impressionantes.

Abaixo um mapa provisório e pouco preciso em relação às escaladas, mas o suficiente para situar geograficamente os leitores.

Mapa Zona da Mata

 E para aguçar o pensamento dos apreciadores de escaladas limpas, seguem fotos da mais bela via esportiva móvel que já escalei. Para quem não sabe, a designação de “esportiva móvel” só é dada a vias de dificuldade elevada e que são protegidas apenas com equipamentos móveis, aqueles que você retira ao fim da escalada, sem deixar marcas.  

Está localizada entre os municípios de  Lajinha e São José do Mantimento e já é um clássico imperdível para quem visitar a região. São 25 metros de oposições fortes, entalamentos e uma sequência bouderística no arco final da fenda. Minha sugestão de graduação é 8b, apesar de ainda não ter sido encadenada.   

Clique aqui para ver o slideshow

Esportiva móvel em Lajinha - MG

 Em breve, matéria completa sobre as escaladas de Lajinha e Região, escrita por Sandro Souza, que atualmente reside, trabalha e é o principal conquistador de vias de escalada por aquelas bandas. 

Até breve, e boas escaladas!